Foi ao olhar para este expositor (sim, porque mais parece um expositor de supermercado) que tudo começou, poderia dizer que foi aqui o despertar para o destralhar de um infinito número de produtos para “quase todo o tipo de cabelos e peles que prometem tudo e mais um par de botas”.

Mas não, olhei o meu “expositor” de banho e pensei: ACHO QUE TENHO DE COMPRAR UM ARMÁRIO…. OMG
Fiquei com a ideia a marinar e numa das minhas fugas (sim, porque a míuda é pior que uma lapa – fruto da idade, eu sei, eu sei que vai passar ) para o dito refúgio dou por mim a pesquisar sobre móveis para wc baratos claro, e acabo a olhar para o bendito caixote do lixo e a pensar que o tinha de despejar!

Hoje em dia toda a gente leva o telemóvel para o wc, não é? Em vez de pesquisar móveis pesquiso sacos biodegradáveis/compostáveis (tipico da Preciosa).

Foi quando descobri a Mind the trash e o trabalho fantástico da Catarina e sua equipa. Fiquei rendida et voilá, hoje começo o meu desafio Zero do refúgio WC : )

Se resultará ou não, não sei prever! Mas que vou tentar, isso prometo.

O desafio zero do wc da Preciosa:
Continuar a usar o que tenho, claro! Quando forem acabando, substituir por shampoo sólido, amaciador sólido, sabonete.
Atenção que destralhar e começar o desafio zero NÃO significa deitar fora tudo o que temos. À medida que os  produtos acabarem vou ver se a embalagem tem alguma utilidade na casa da Preciosa, senão vai para o ecoponto amarelo.

“We don’t need a handful of people doing zero waste perfectly. We need millions of people doing it imperfectly.” Anne-Marie Bonneau

Está dado o primeiro passo. Vou dando novidades!